Lições Bíblicas CPAD

Jovens e Adultos

 

 

4º Trimestre de 2008

 

Título: O Deus do Livro e o Livro de Deus

Comentarista: Elinaldo Renovato de Lima

 

 

Lição 2: O Deus que se comunica com o homem

Data: 12 de Outubro de 2008

 

TEXTO ÁUREO

 

"E ouviram a voz do Senhor Deus, que passeava no jardim pela viração do dia; e escondeu-se Adão e sua mulher da presença do Senhor Deus, entre as árvores do jardim" (Gn 3.8).

 

VERDADE PRÁTICA

 

O Deus da Bíblia relaciona-se com o homem a fim de comunicar-lhe seu amor, cuidado, e salvação eterna.

 

LEITURA DIÁRIA

 

Segunda - Gn 3.9

Deus falou com Adão

 

 

Terça - Gn 8.15

Deus falou com Noé

 

 

Quarta - Gn 17.3

Deus falou com Abraão

 

 

Quinta - Gn 46.2

Deus falou com Jacó

 

 

Sexta – Êx 6.2

Deus falou com Moisés

 

 

Sábado - 1 Rs 3.5

Deus falou com Salomão

 

LEITURA BÍBLICA EM CLASSE

 

Salmos 29.1-10.

 

1 - Dai ao SENHOR, ó filhos dos poderosos, dai ao SENHOR glória e força.

2 - Dai ao SENHOR a glória devida ao seu nome; adorai o Senhor na beleza da sua santidade.

3 - A voz do SENHOR ouve-se sobre as águas; o Deus da glória troveja; o SENHOR está sobre as muitas águas.

4 - A voz do SENHOR é poderosa; a voz do SENHOR é cheia de majestade.

5 - A voz do SENHOR quebra os cedros; sim, o SENHOR quebra os cedros do Líbano.

6 - Ele os faz saltar como a um bezerro; ao Líbano e Siriom, como novos unicórnios.

7 - A voz do SENHOR separa as labaredas do fogo.

8 - A voz do SENHOR faz tremer o deserto; o SENHOR faz tremer o deserto de Cades.

9 - A voz do SENHOR faz parir as cervas e desnuda as brenhas. E no seu templo cada um diz: Glória!

10 - O SENHOR se assentou sobre o dilúvio; o SENHOR se assenta como Rei perpetuamente.

 

INTERAÇÃO

 

Embora Deus seja o Todo-Poderoso, Ele sempre procurou comunicar-se de modo pessoal com o homem. Isso não é maravilhoso?! Você tem ouvido a voz do Pai? Como está a sua comunicação com o Altíssimo? Estamos vivendo na era da informática e da comunicação, todavia, devido ao corre-corre da vida diária, e diante das muitas vozes, muitos já não conseguem mais ouvir ou reconhecer a voz do Pai. Por isso, queremos desafiá-lo a não se limitar, somente a buscar a ajuda de Deus, a ter somente um diálogo unilateral, mas desejamos que você almeje estabelecer canais autênticos de comunicação com o Pai. Ele deseja falar com você diariamente. Ouça-O.

 

OBJETIVOS

 

Após esta aula, o aluno deverá estar apto a:

  • Compreender que o Deus Todo-Poderoso se comunica com o homem por diferentes meios.
  • Explicar que a Queda fez com que o homem perdesse a comunhão com Deus.
  • Buscar uma comunicação mais íntima com Deus.

 

ORIENTAÇÃO PEDAGÓGICA

 

Professor, mostre aos seus alunos, através do quadro abaixo, a variedade incrível de métodos e modos utilizados por Deus para comunicar sua Palavra. Reproduza o gráfico no quadro-de-giz. Enfatize a criatividade do Senhor e leia o texto de Hebreus 1.1.

 

Ele falou do Céu, direta e audivelmente.
Lc 3.21,22

Ele escreveu em tábuas de pedra.
Êx 31.18

Ele se tornou carne.
Jo 1.14

Ele deu vívidos sonhos e visões.
Gn 28.12; Mt 1.20; 2.19,29

Ele utilizou paredes de palácios.
Dn 5.5

Ele fez animais falarem.
Nm 22.28

Ele expressou a verdade dos profetas.
Ez 51.1; Am 2.1; Ag 1.7; Zc 8.3

Ele utilizou os anjos.
Lc 1.11,28; At 10.3,4

 

COMENTÁRIO

 

introdução

 

Palavra Chave

Comunicar: Do latim comunicare, significa “pôr em comum”, “ligar”, “fazer saber”, “estabelecer comunicação”.

 

Os deuses, criados pela imaginação humana, eram inacessíveis aos seus adoradores. Os doze do Olimpo, por exemplo, não desciam para ouvir ou falar com os gregos. O mesmo tem acontecido com os adoradores dos deuses falsos das muitas religiões não-cristãs dos nossos dias. Eles não podem dirigir-se aos seus deuses diretamente. Somente o fazem através de intermediários, também falsos. Todavia, o Deus da Bíblia, desde o princípio se comunica com suas criaturas. Por intermédio de Jesus Cristo, o ser humano tem livre acesso a Deus, seu soberano Senhor, e criador de todas as coisas, visíveis e invisíveis (Cl 1.16).

 

I. A COMUNICAÇÃO DIRETA

 

1. Na criação. A Bíblia nos mostra com clareza que desde o princípio Deus se comunicava com o homem de forma direta. Ao criá-lo, imediatamente infundiu-lhe o fôlego da vida, transformando-o em alma vivente. "E formou o Senhor Deus o homem do pó da terra e soprou em seus narizes o fôlego da vida; e o homem foi feito alma vivente" (Gn 2.7).

2. Evitando a solidão. Antes da Queda, o homem se comunicava com Deus livremente. Todavia, o Eterno percebera que sua criatura necessitava de algo mais. Ela precisava relacionar-se com alguém da mesma natureza. Foi aí que o Senhor decidiu criar a mulher a fim livrar o homem da solidão (Gn 2.18,22,23).

3. A comunicação com o primeiro casal. Não se sabe quanto tempo nossos primeiros pais viveram em perfeita harmonia, antes de pecarem. O fato é que antes da entrada do mal no mundo, Deus costumava conversar com o casal pela "viração do dia" (Gn 3.8a). Certamente, o Senhor propiciava a Adão e Eva momentos agradabilíssimos de conversa e aprendizado, enchendo-os de muita paz e indizível alegria.

 

SINOPSE DO TÓPICO (I)

 

Deus, o Criador, comunicava-se com o homem de forma direta.

 

II. EFEITOS DA QUEDA

 

1. A comunicação prejudicada. Com a Queda, o homem perdeu a comunhão e a comunicação com o Criador. Antes, Adão e Eva deleitavam-se em ouvir a suave e melódica voz do Altíssimo. Agora, com o advento do pecado, o medo apoderou-se deles dificultando-lhes o pleno relacionamento com Deus (Gn 3.8-10).

2. O conhecimento da discórdia. Inquirido sobre seu pecado, o homem pôs-se a culpar sua companheira que, por sua vez, culpou a serpente (Gn 3.9-13). Eis aí a primeira desavença entre os seres humanos e suas funestas consequências. Na maioria das vezes, os homens não se entendem em função da incapacidade de assumirem os próprios erros. Satanás continua enganando aos que se descuidam do relacionamento com Deus (2 Co 11.3). Para lograr êxito nesse intuito, transfigura-se até mesmo em anjo de luz (2 Co 11.14).

3. A maldição da serpente e a redenção prenunciada. Quase ninguém se sente bem ao lado de uma serpente. Ela nos causa sentimento de pavor e asco, talvez por ser símbolo da maldição e do Diabo (Ap 12.9; 20.2). Após a Queda, Deus pôs inimizade entre a serpente e a mulher. Esta foi condenada a sentir fortes dores no parto, passando a ser dominada pelo marido (Gn 3.16; Ef 5.24). Naquele ambiente tenso, Deus também condenou a serpente, e anunciou a redenção da humanidade através da "semente da mulher", que é Cristo Jesus, nosso Salvador (Gn 3.14,15).

 

SINOPSE DO TÓPICO (II)

 

Com a Queda, o homem perdeu a comunhão e a comunicação direta com Deus.

 

III. DEUS COMUNICA SE COM O HOMEM

 

Deus é transcendente e imanente. Ou seja, a despeito de habitar nas alturas mais insondáveis, e apesar de infinito e imenso, não permanece alheio às suas criaturas. Assim, ao longo dos séculos, o Eterno vem se comunicando com o homem; direta ou indiretamente.

1. Por meio dos patriarcas. Deus falou com Noé, anunciando-lhe a destruição do gênero humano (Gn 6.1-7). Também se comunicou com Abraão, ordenando-lhe que saísse do meio de sua parentela a fim de torná-lo uma bênção para todas as famílias da terra (Gn 12.1-3). O Senhor ouviu as orações de Isaque, falou com Jacó, e fez-lhes grandiosas promessas (Gn 25.21-23; 28.13-15). O Todo-Poderoso sempre se comunicou com homens, transmitindo-Ihes sua vontade.

2. Por meio dos profetas. No Antigo Testamento, Deus usou diversos profetas para transmitir sua poderosa mensagem. Por intermédio desses valorosos arautos, falou o Senhor ao povo, aos reis, aos juízes e tantos quanto quis revelar sua vontade (Hb 1.1,2). Ao profeta Moisés, falou diretamente (Êx 3.1-22; At 3.22). Em o Novo Testamento, usou de modo especial a boca de João Batista, Ágabo, entre outros. Todos esses homens foram porta-vozes dos oráculos divinos à humanidade.

 

SINOPSE DO TÓPICO (III)

 

Deus se utilizou de diferentes métodos para se comunicar com o homem.

 

IV. A COMUNICAÇÃO PELA REVELAÇÃO

 

Deus também se comunica através de suas várias maneiras de se revelar aos homens.

1. Revelação geral ou natural. É aquela em que o Senhor se revela por meio da natureza e da consciência humana. No que concerne à natureza, a Bíblia nos é clara: "Os céus manifestam a glória de Deus e o firmamento anuncia a obra das suas mãos" (Sl 19.1; Rm 1.19,20). Quanto à consciência, Deus se utiliza da comunicação não-verbal para revelar aos homens toda sua vontade, como vemos em sua Palavra"... os quais mostram a obra da lei escrita no seu coração, testificando juntamente a sua consciência e os seus pensamentos, quer acusando-os, quer defendendo-os" (Rm 2.15). A revelação geral ou natural é dirigida a todos os homens, e pode ser absorvida pela razão.

2. Revelação especial. É aquela em que Deus emprega duas formas especiais para se comunicar com o homem: a Palavra escrita e Cristo.

a) Por meio da Palavra. Deus ordenou a Moisés que escrevesse sua mensagem revelada "num livro" (Êx 17.14). A revelação escrita substituiu a tradição oral, como testemunho da existência e comunicação de Deus (Êx 34.27; Jr 30.2; Ap 1.19). Essa revelação escrita é chamada de Escritura (2 Tm 3.16), ou Escrituras (Mt 22.29; 26.56).

b) Por meio de Cristo. Essa revelação é sublime (Jo 1.14,18). Não se trata de uma comunicação através das palavras de um profeta, mas da revelação de Deus por meio de uma Pessoa santíssima e co-eterna com o Pai (Jo 1.1; 14.9; Hb 1.1-3). O propósito da revelação especial é conduzir o homem a Deus (Jo 14.6-11). Nela, encontramos o plano divino para a salvação de todo ser humano.

A revelação especial de Deus foi dada aos homens tanto pelas Escrituras quanto pelo Verbo de Deus. Estes são os mais completos meios pelos quais Deus se revelou à humanidade (Mt 22.29; Jo 5.39).

 

SINOPSE DO TÓPICO (IV)

 

A revelação especial de Deus foi dada aos homens tanto pelas Escrituras quanto pelo Verbo de Deus.

 

CONCLUSÃO

 

Deus sempre quis comunicar-se com o homem. Nas Sagradas Escrituras, vemos isso com muita clareza. No Éden, de forma direta, Deus falava com Adão. Depois da Queda, afastou-se dele. Mas, através da revelação escrita, a Bíblia, e de sua revelação pessoal, Cristo, o Senhor demonstra o seu amor para com a humanidade. Na verdade, Deus se comunica com o homem, porque Ele "quer que todos os homens se salvem e venham ao conhecimento da verdade" (1 Tm 2.4).

 

VOCABULÁRIO

 

Funesto: Fatal, danoso, prejudicial.
Indizível: Que não se pode dizer; inefável.
Insondável: Inexplicável, incompreensível.
Lograr: Conseguir, alcançar.

 

BIBLIOGRAFIA SUGERIDA

 

MENZIES, W. W.; HORTON, S. M. Doutrinas Bíblicas: o Fundamento da Nossa Fé. RJ: CPAD, 2005.

 

EXERCÍCIOS

 

1. Como Deus se comunicava com o homem?

R. De forma direta (Gn 3.8a).

 

2. Cite duas consequências da Queda.

R. Perda da comunhão e da comunicação com o Criador.

 

3. Cite três provas da comunicação de Deus com o homem.

R. Por meio da criação, por meio da Palavra e por meio de Cristo.

 

4. Descreva a revelação geral.

R. É aquela em que o Senhor se revela por meio da natureza e da consciência humana.

 

5. O que é revelação especial?

R. É aquela em que Deus emprega duas formas especiais para se comunicar com o homem: a palavra escrita e Cristo.

 

AUXÍLIO BIBLIOGRÁFICO

 

Subsídio Devocional

 

“A revelação de Deus à humanidade

Se admitimos que Deus de fato fala, é a Bíblia o único meio de Ele se comunicar conosco? Deus também torna-se conhecido, até certo ponto, a todas as pessoas mediante a criação e através da consciência. Tal maneira de Deus falar é usualmente chamada de revelação geral ou natural. Os capítulos 1 e 2 da epístola aos Romanos esboça a forma pela qual Ele fala conosco. Romanos 1.20 refere-se ao conhecimento divino disponível a todas as pessoas, em todos os lugares; é o conhecimento colhido junto à natureza: "Porque as suas coisas invisíveis, desde a criação do mundo, tanto o seu eterno poder como a sua divindade, se entendem e claramente se vêem pelas coisas que estão criadas, para que eles fiquem inescusáveis [...].

A Bíblia afiança que Deus fala através da consciência do indivíduo (Rm 2.14,15). O próprio fato de que as pessoas, em todos os lugares, possuem uma consciência, uma idéia de certo e errado que se coaduna com a Bíblia, mostra-nos que há uma autoridade acima de cada indivíduo e das circunstâncias. Até aqueles que rejeitaram a Bíblia retêm a consciência, embora esta opere à base daquilo em quem se acredita ser o certo e o errado".

(MENZIES, W. W.; HORTON, S. M. Doutrinas Bíblicas: os Fundamentos da Nossa Fé. RJ: CPAD, 2005, pp.17,18.)

 

APLICAÇÃO PESSOAL

 

A pós-modernidade é conhecida como a era da informação, do conhecimento, dos meios de comunicação, isso se deve ao grande avanço tecnológico. Podemos nos comunicar, com uma pessoa que está do outro lado do mundo em fração de segundos. O avanço da informação e da tecnologia é algo salutar, todavia, parece existir um grande paradoxo quando o assunto é comunicação. Isso porque, diante de tantos recursos tecnológicos que facilitam a comunicação (celulares com tecnologia 3G, internet, computadores de bolso, etc), podemos ver e perceber que existem tantas pessoas solitárias e deprimidas. Isso se deve ao fato de os relacionamentos, a cada dia, se tornarem mais "frios", superficiais, instantâneos e distantes. As pessoas estão se isolando. Muitos não querem mais "perder" tempo com o outro. Alguns relacionamentos se tornaram descartáveis. Precisamos voltar ao primeiro amor e estabelecer canais autênticos e verdadeiros de comunicação com nossos irmãos. Somos a Igreja do Senhor, temos comunicação direta com o Pai e podemos também ter relacionamentos saudáveis com nossos irmãos em Cristo. Que entre nós não haja pessoas solitárias.

 

Procura apresentar-te a Deus aprovado, como obreiro que não tem de que se envergonhar, que maneja bem a palavra da verdade. (2Tm 2.15)